Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

 

  

Sobre a aprovação do novo Estatuto do Estudante, uma pessoa leva logo de manhã com este mimo, na edição online do Público:

 

"Quer um exemplo? O novo estatuto prevê que os alunos tenham de pagar o material que estragam. Isto é pedagógico? Não é. Se um aluno partir um vidro e for obrigado a pagá-lo, no dia seguinte parte outro e dois dias depois outro ainda. Porque a obrigação da escola não é castigá-lo, mas explicar-lhe por que é que não deve andar a partir vidros", comentava ontem, indignado, Luís Encarnação, estudante.

 

Portanto, a ideia seria qual? A escola pagava o vidro(s) partido(s) e depois fazia uma acção de formação para explicar ao aluno porque é que não devia partir o vidro? Deve ser do sono ainda, mas há qualquer coisa de estranho neste raciocínio...

 

Burro fui eu que (juntamente com um colega) tivemos que pagar o vidro que partimos quando ele me fechou a porta de um bloco na cara e eu levantei instintivamente as mãos à frente e enfiei-as pelo vidro dentro...Realmente a primeira coisa que me passou pela cabeça não foi "hmmm, se parti isto, provavelmente vão ter que me pagar" mas sim "espera lá, que estes tipos agora vão ter que me explicar porque é que eu não devia ter partido isto"

 

E havendo aspectos como a reintrodução de chumbo por faltas ou a chamada de encarregados de educação por número excessivo de faltas injustificadas, só aparece este simpático "estudante" a expressar a sua indignação?

 

Como dizia o outro, "vai masé trabalhar"...



Publicado por Bernardo Hourmat às 08:40 | link do post | comentar

1 comentário:
De J.Ferreira a 23 de Julho de 2010 às 12:05
Que admiração é essa? Têm dúvida da eficácia? Pois bem. Tenho a dizer-lhes que em Espanha é assim. Tenho duas alunas que foram retiradas à família (claro, de portugueses!) por falta de cumprimento dos deveres paternais... Percebe? Logo, que esperam? Que sejam os professores, tal como legislou esse mesmo governo, a ir à caça dos alunos para lutarem contra o abandono escolar? Ah... Essa seria boa... Será que se insurgiu contra essa absurda norma? Nada... Nem pensar. Atacar os professores... Sim! Os alunos, os pais e os responsáveis pelo verdadeiro abandono escolar, pela saída pelas ruas a fumar e a gastar o dinheiro que os pais ganham (ou recebem da segurança social como rendimento mínimo!) está bem... Continuem a defender os coitadinhos... Estamos no bom caminho. Concurso a Professor Titular: Injustiça das Injustiças.
Autonomia Conquistada Vs Autonomia Enquistada.
Sócrates com 15 Anos de Atraso...!
Um Dia a Escola Vem Abaixo!
Que Trio de Incompetentes.
Educação a Caminho do Abismo - I
A Caminho de Uma Luta Sem Tréguas.
TENHO Vergonha de "Ser Professor".
Ministra Casmurra ? Cega?… Surda?… Nada Muda!


Comentar post

mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

O fino recorte da nossa c...

O Circo

De greves e sindicatos

Se estás a ler isto, não ...

As maravilhas do "Google ...

Para citar o amigo Tolkie...

Notícias da Faixa de Gaza

Pensar o Mundo, Repensar ...

Grandes Títulos

O Mundo ao contrário

arquivos

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

tags

egipto

líbia

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds