Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

 

Depois ainda ficam muito surpreendidos com o facto de os EUA terem as Forças Armadas que têm.

Imagino que o pior que pode acontecer é, daqui a meia dúzia de anos, termos o Robert Gates desses dias a mandar isto às urtigas, se se chegar à conclusão que é outro elefante branco no orçamento da Defesa. Mas até lá, great concept art

 

To meet much of transportation needs of today’s deployed Warfighter, either highly mobile multipurpose wheeled vehicles (HMMWV) are used, or helicopters, which have limited availability, are used. DARPA’s Transformer (TX) program seeks to combine the advantages of ground vehicles and helicopters into a single vehicle equipped with flexibility of movement. The concept is to provide options to avoid traditional and asymmetrical threats while avoiding road obstructions.

Por intermédio d'O Diplomata



Publicado por Bernardo Hourmat às 09:10 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

Osama Bin Laden e o número dois da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, estão perto de ser localizados. A NATO acredita que os dois membros da organização terrorista estão a viver confortavelmente em casas no norte do Paquistão, de acordo com oficial senior da NATO.

 

Lembra as notícias que de vez em quando apareciam, dos "planos secretos" do Dpt. de Estado norte-americano para assassinar Saddam Hussein...

Esperemos que a internet esteja em baixo, na casa do Osama...



Publicado por Bernardo Hourmat às 12:25 | link do post | comentar

O que se segue é uma espécie de penitência, ou melhor, de confissão.

 

Sempre considerei que nós, portugueses, temos uma especial apetência para votar o País ao abandono e para destacar as suas (de facto, muitas) falhas, lacuna, o que lhe quiserem chamar e, nesse sentido, sempre pensei que tentaria "fazer pela vida" cá dentro, ou seja, resistindo aos impulsos e ao apelo de "ir para fora". Aguentei-me a este meu objectivo ao longo da minha vida académica e, quando a concluí, mantive esse mesmo propósito à medida que via amigos e colegas a arriscarem ir para fora, continuando estudos ou arranjando trabalho.
Acresceu a isto o facto de ter conseguido arranjar um trabalho razoavelmente estável e, adicionalmente, o ter-me casado foi também um elemento que não contribuiu em nada para considerar a hipótese de sair do país.

 

Mas isso tem vindo a mudar... Começo a perder a vontade de esperar para ver o que é que é possível ainda fazer de Portugal. Quando se assiste ao confrangedor espectáculo da resposta política à crise que afecta ao país, fico com a ideia de que não vale, manifestamente, a pena.

Agora que também eu já tenho um ordenado e sabendo que parte dele vai ser utilizado para respostas atabalhoadas e de resultados duvidosos, apetece-me finalmente mandar tudo às urtigas e tentar a minha sorte noutros lados.

Quando se lê um deputado a dizer que "vem da província" e "passa fome" e semanas depois, lê-se na Sábado histórias de crianças que, num dia, partilham um pacotinho de leite entre três, apetece bater em alguém.

Quando um 1º Ministro há menos de um ano prometia mundos e fundos e que "agora é que dávamos a volta a isto" para agora nos dizer com ar grave e solene que "nunca lhe custou tanto" tomar as medidas que agora toma, lamento mas não é grande incentivo à pena...

 

Dir-me-ão que não é como se eu já tivesse fazer algo em concreto para tentar mudar o status quo e, de facto, não fiz esforços para entrar para a "via política", mas também acho que trabalho o suficiente todos os dias e tento "fazer pela vida" dia-a-dia tal como milhões de outros portugueses que acham que o trabalho e o dinheiro que dão a essa figura abstracta que é o Estado já representa contributo suficiente.

 

Enfim, isto tudo para dizer que começo a duvidar se devo realmente alguma coisa a esta terra, ou se não devo procurar aquilo que é melhor para os meus, mesmo se isso implicar sair daqui e tentar a sorte lá fora, porque daqui para a frente não se augura nada de novo nem nada de bom para este país.



Publicado por Bernardo Hourmat às 09:47 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14 de Outubro de 2010

Foto retirada do site do Público (Daniel Rocha)

 

Ontem à noite, a edição online do Público noticiava as seguintes declarações de Manuel Alegre:

“O Presidente tem feito deslocações, visitas aos seus bastiões eleitorais, inclusivamente em sítios onde, segundo me disseram, vão recrutar crianças às escolas com bandeirinhas, como em tempos que deviam estar no passado”

Já hoje, depois do almoço, o Director de Campanha de Alegre vem dizer isto:

 

Segundo Cordeiro, as declarações do escritor, proferidas após a inauguração da sede de campanha em Lisboa, foram “em sentido metafórico”: “O que o candidato queria dizer era que há iniciativas cénicas num momento difícil, obviamente, numa perspectiva de montar cenários”

Afinal era no sentido metafórico, um apelo a uma interpretação mais lírica das declarações do candidato-poeta, portanto.

Daqui para a frente é melhor ir estando mais atentos àquilo que diz o candidato, para não nos escapar nenhum metáfora mais malandra...

 



Publicado por Bernardo Hourmat às 15:44 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

Ontem, Portugal foi eleito (pela 3ª vez na sua História) como membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU.

 

Se, para a maioria, não se trata de um pequeno fait-divers numa altura em que ninguém está muito preocupado com estas questões, o facto é que esta votação coloca Portugal num fórum privilegiado para não só reforçar a sua posição no plano internacional, fazendo gradualmente valer as suas próprias posições e preferências em matéria de política externa (algo que o MNE de Luis Amado tem sabido fazer de forma hábil, o que se traduziu nesta "vitória diplomática"), como também exercer um módico de influência no seio do próprio Conselho.

 

Agora, por tudo quanto é mais sagrado, não despachem para lá "Aquele-cujo-nome-não-deve-ser-pronunciado"...Sim, este:

 



Publicado por Bernardo Hourmat às 08:52 | link do post | comentar

Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

 

 

 

Isto não é propriamente novidade. Verdade seja dita, a comunicação social, passo a expressão, "não-comunista" parece aguardar este género de situações com um certo grau de gozo contido que, como já disse, não é novidade.

Desta vez vem a propósito do inevitável comentário oficial do PCP à atribuição do Nobel da Paz ao dissidente chinês, Liu Xiaobo.
Como seria de esperar, veio isto:

 

Num curto comunicado enviado hoje às redacções, e divulgado “face a solicitações de vários órgãos de comunicação social”, o gabinete de imprensa do PCP defende que a atribuição do Nobel a Liu Xiaobo é “inseparável das pressões económicas e políticas dos EUA à República Popular da China”.

De acordo com os comunistas portugueses, a escolha do dissidente chinês “é, na linha da atribuição do Prémio Nobel da Paz de 2009 ao Presidente dos EUA, Barack Obama, mais um golpe na credibilidade de um galardão que deveria contribuir para a afirmação dos valores da paz, da solidariedade e da amizade entre os povos”.

 

Sinceramente, estava-se à espera de outra coisa? Não...É inevitável... A minha dúvida é só esta, será que aquela malta não podia pura e simplesmente deixar de comentar estas coisas?
Vem muita gente à sede, na Av. da Liberdade fazer perguntas? Então, o "não comentamos" da praxe servia. É que estes contorcionismos ideológicos ficam sempre péssimos na fotografia, independentemente de ser à esquerda ou à direita. A realidade é que, regra geral, é o PCP a aparecer nas notícias deste género.



Publicado por Bernardo Hourmat às 13:44 | link do post | comentar

 

 

 

A manchete do jornal "i" hoje é esta:

 

Crise política Cavaco convida Jaime Gama a formar governo

 

 

Longe de mim estar a querer pôr em causa aquilo que o "i" publica como notícia, mas de onde vem esta certeza? É que a notícia nem sequer é dada como uma descrição dos principais cenários que poderão ocorrer depois de um chumbo ao OE e a uma (ainda não propriamente garantida) demissão do Governo. Como se pode vêr em baixo, o cenário está já bem definido...Como e com base em que fonte não é sequer sugerido...

 

Neste caso, Cavaco Silva irá convocar audiências com todos os partidos com assento parlamentar para perceber sensibilidades e estudar alternativas à actual configuração de poderes. Nos encontros, Jaime Gama será apresentado como uma solução para encabeçar um governo de salvação nacional. O nome, que é considerado consensual por Belém, permitiria que o governo apresentasse outra proposta de Orçamento do Estado, que seria posteriormente votada na Assembleia da República. Para tal, era preciso que Gama aceitasse esta solução, algo que não é considerado líquido em Belém.

 

Talvez esteja a ser um pouco embirrante, mas irritam-me estas notícias cheias de certezas e passíveis de serem desmentidas no dia seguinte...E num instante tudo muda, não era assim que diziam?



Publicado por Bernardo Hourmat às 08:48 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010

Mahmoud Abbas, Presidente da Autoridade Palestiniana e George Mitchell, Enviado Norte-Americano ao Médio Oriente (Imagem: Getty Images)

 

Segundo o diário Haaretz, Mahmoud Abbas, actual Presidente da Autoridade Palestiniana pretende demitir-se caso a construção de colonatos israelitas não seja interrompida. Ou seja, mais do que o fim desta nova ronda de conversações de Paz, a construção de colonatos parece agora implicar o próprio desmantelar da estrutura da Autoridade Palestiniana, aquela que é (goste-se ou não) o único interlocutor com o qual é (ainda) possível ter alguma hipótese de um diálogo minimamente construtivo.

Segundo fontes na AP, a demissão de Abbas implicaria:

 

Abbas's resignation means the dismantling of the Palestinian Authority, since it was agreed inside the government that no one from the leadership of Fatah will step up to replace Abbas as president, and no new elections will be held.

Palestinian sources say that with Abbas's resignation and the collapse of the PA, the Palestinians will demand that the civil authority in the entire West Bank, including zones A and B, be returned to Israel or transferred to the United Nations.

 

É claro que conversações estão ainda em curso entre norte-americanos e israelitas no sentido de tentar assegurar algum tipo de interrupção nas construções entretanto retomadas, o que poderia ainda levar a algumas surpresas, mas o que parece claro é que a falta de coragem política do 1º Ministro Nethanyahu irá culminar num novo abandono das negociações com a AP e na potencial radicalização de posições de quem espera ansiosamente por poder deitar por terra o (pouco) que já havia sido construido.



Publicado por Bernardo Hourmat às 14:29 | link do post | comentar

Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010

Entre a pérola do inenarrável Almeida Santos (Presidente do PS, lembre-se), de que o "povo" (esse animal) tem que "sofrer tanto" como o Governo (não me vou dar ao trabalho de linkar), ao apelo para, estoicamente, se cerrarem as fileiras (qual falange grega) socialistas lançado por Ana Gomes, no Causa Nossa e, por fim, culminando no pedido de esmola do Exmo. Deputado Ricardo Gonçalves para que a cantina da AR passe também a servir o jantar, porque ele (e outros deputados "da província") andam praticamente a passar fome, o que dizer do estado a que isto chegou?

Ainda nos vamos rindo, imagino, a falar daqueles "malandros" que dizem este e aquele bitaite, mas começa a ser uma piada que já custa bastante, não?

Confesso que depois disto, não tenho muitas palavras para dizer o que quer que seja, nem para tentar enfiar outra piada a murro...



Publicado por Bernardo Hourmat às 14:40 | link do post | comentar

mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

O fino recorte da nossa c...

O Circo

De greves e sindicatos

Se estás a ler isto, não ...

As maravilhas do "Google ...

Para citar o amigo Tolkie...

Notícias da Faixa de Gaza

Pensar o Mundo, Repensar ...

Grandes Títulos

O Mundo ao contrário

arquivos

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

tags

egipto

líbia

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds