Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

Já dou de barato (tal é o estado a que isto chegou) que um Partido que tem pautado a grande parte da sua actividade política em, entre outras coisas, apontar o dedo a tudo o que mexe (mas especialmente "a direita") de tudo desde irresponsabilidade, falta de sentido de estado e outros tantos mimos a que já nos habituámos ouvir da classe política.

 

Uma moção de censura, portanto, apresentada com um mês de antecedência para, claro, poder ser amplamente discutida em todo o lado menos onde é suposto (aquele sítio em S. Bento...) durante esse tempo todo e tudo porque, provavelmente, o Francisco Louçã se levantou e perguntou ao espelho lá de casa "Espelho meu, Espelho meu haverá alguém mais à Esquerda do que eu" ao qual o pobre lhe terá dito que só o Camarada Jerónimo porque andava a ver se cozinhava uma Moçãozinha dele. Assim, o Francisquinho lá avançou destemido com o "pré-aviso".

 

Curiosamente, é um exercício que os próprios já vieram a público dizer que é apenas uma chalaça, uma vez que no caso de ser aprovada, com o apoio da Direita (aqui falta aquele relinchar de cavalos e trovões do Young Frankenstein) esta, nas palavras do líder parlamentar bloquista, "cairá no rídiculo"...

 

É por isso que não deixa de ser bastante cómico (para não dizer extraordinariamente deprimente) ler hoje no Público as declarações de João Semedo após saber-se que o CDS-PP se vai abster desta votação:

 

“Paulo Portas tem-se vangloriado de ter sido o primeiro a dizer ‘saia’ ao primeiro-ministro. Ficamos a saber que é o primeiro a dizer ‘fique’ ”

 

 

Pois é, no Bloco o pessoal é todo sério e ninguém se mete em manobras políticas rasteirinhas como o resto das crianças do Infantário de São Bento...



Publicado por Bernardo Hourmat às 14:58 | link do post | comentar

2 comentários:
De Zé da Burra o Alentejano a 15 de Fevereiro de 2011 às 17:04
A Moção de censura é útil! A sua apresentação por parte do Bloco de Esquerda vai mostrar aos portugueses que PSD e CDS vão ficar a partir de agora responsáveis pela manutenção do PS no poder e, em consequênsia, serão corresponsáveis pelas suas políticas ruinosas para a generalidade dos portugueses.



Zé da Burra o Alentejano



De Bernardo Hourmat a 16 de Fevereiro de 2011 às 09:16
É útil? Sem dúvida, mas principalmente para o Bloco, como forma de se sentir melhor consigo mesmo.
Será útil para o País? Não me parece.
Do que me lembro das minhas aulas de Direito, uma Moção de Censura serve para ser apresentada e discutida na AR, não na praça pública durante um mês e pretende derrubar um Governo e não entalar a restante oposição de modo a ser chumbada à partida.
Lembro-me também de serem este tipo de jogadas políticas que o BE tanto repudia nos outros partidos...
Lá está, quase queria que o PSD fizesse a vontade ao BE e aprovasse a dita...


Comentar post

mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

O fino recorte da nossa c...

O Circo

De greves e sindicatos

Se estás a ler isto, não ...

As maravilhas do "Google ...

Para citar o amigo Tolkie...

Notícias da Faixa de Gaza

Pensar o Mundo, Repensar ...

Grandes Títulos

O Mundo ao contrário

arquivos

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Abril 2013

Novembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

tags

egipto

líbia

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds